Deprecated: implode(): Passing glue string after array is deprecated. Swap the parameters in C:\xampp\htdocs\fabriciolima\wp-content\plugins\crayon-syntax-highlighter\util\crayon_util.class.php on line 73
Managed Instance (#15) – Anúncios do dia 04-12-2018 – Fabricio Lima | Consultoria e Treinamento SQL Server
Loading…

Managed Instance (#15) – Anúncios do dia 04-12-2018

Fala Pessoal,

Ontem (04/12/2018) foi anunciado algumas novidades para o Managed Instance.

Segue o post completo do Borko Novakovic:

https://azure.microsoft.com/en-us/blog/migrate-mission-critical-sql-workloads-to-the-most-economical-cloud-destination/

General Availability (GA) Business Critical Service Tier

Esse é o anúncio que estávamos esperando para o início de Dezembro.

Todos os posts e testes que realizei foram em um Preview do Service Tier Business Critical. Agora sim ele está liberado para ser utilizado em produção pela sua empresa. Como mostrei no post anterior, ele está lindo demais:

Esse anúncio vai proporcionar que empresas com um workload maior migrem para o Managed Instance, pois agora o tempo de failover em caso de problema/manutenção de uma instancia será mínimo e também é possível utilizar uma segunda instância como leitura para balancear a carga de produção.

Preview – Instance-level collation

No post abaixo falei que ainda não era possível escolher a collation da nossa instância:

Já está disponível em Preview a possibilidade de escolher a collation para as bases de sistema. Com isso podemos ter a collation do TempDB e das nossas databases iguais, facilitando migrações de clientes sem que precisem realizar ajustes no código como era necessário até então.

Se já está em Preview quer dizer que está vindo. O time do Managed Instance está trabalhando bastante nessas melhorias.

Preview – Azure Active Directory (AAD) logins

Também já está em preview a possibilidade de utilizar logins do Azure AD. Com a integração do AD On-Premise com o AD do Azure, vai ser possível migrar os logins de AD para o Managed Instance.

Point-in-time-restore (PITR)

Foi estendido para o Managed Instance a possibilidade de aumentar a retenção de backup de 7 para 35 dias.

Auto-Failover-Group

Essa feature é para realizar failover de um MI de uma região para outra. Não sei se vou conseguir testar isso devido a custo, mas posso fazer um estudo mais detalhado para um post pelo menos.

Segurança

Tivemos uma melhoria de segurança no uso do TDE. Esse assunto fica para Posts futuros.

Um EndPoint de gerenciamento do managed Instance ganhou um firewall para aumentar a segurança.

Escalabilidade

Com a liberação do Business Critical para produção, conseguimos escalar nosso MI de General Purpose para Business Critical caso precise ter os benefícios desse Service Tier.

Farei testes de escalabilidade para ver o que acontece durante uma mudança de recursos.

Preço

Isso não estava no artigo, mas ao ficar disponível para produção, como era esperado, o valor do Business Critical subiu.

Nesse post abaixo mostrei que estava 7k por mês na menor configuração:

Agora está 14k conforme abaixo:

Lembrando que você consegue reduzir esse valor se tiver Software Assurance e levar sua licença para o MI. Também consegue reduzir fazendo uma contratação de longo prazo de 1 à 3 anos.

Lembra de levar em consideração os custos de Datacenter, Hardware, Storage, Licenças, Rede, Produtividade da Equipe e Segurança.

 

É isso ai pessoal. A liberação do Business Critical merecia um post.

Seguem os posts anteriores sobre Managed Instance:

 

Gostou dessa Dica?

Curta, comente, compartilhe…

Assine meu canal no Youtube , curta minha página no Facebook  ou siga nossa página no Instagram para receber Dicas de Leituras, Vídeos e Eventos sobre SQL Server.

Até o próximo post.

Abraços,

Fabrício Lima

Microsoft Data Platform MVP

Consultor e Instrutor SQL Server

Trabalha com SQL Server desde 2006

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: